• Entre em contato conosco e tire suas dúvidas. Mande sua mensagem aqui

    banner03
  • Entre em contato conosco e tire suas dúvidas.

    Mande sua mensagem aqui

    banner01
  • Entre em contato conosco e tire suas dúvidas. Mande sua mensagem aqui

    banner02
  • Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles

    (Rui Barbosa)

Dicas

Indenizações

A natureza do dano pode ser moral, material, ou à imagem. A reparação do dano pelo causador está prevista tanto na Constituição Federal, que...

Direitos Trabalhistas

Os Direitos do Trabalhador são garantidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) conheça os principais: (...)

Divórcio, Separação e Inventários

Divórcio, separação, inventários e partilhas já podem ser feitos sem juiz(...)

Ver todas as dicas

O Escritório

Fundado em 06 de Setembro de 1988 em Porto Alegre, RS, o escritório de Advocacia Alexandre Oliveira Soares da Silva tem sede na Rua dos Andradas 1248 conjunto 601, no Centro da capital gaúcha.
Sob a direção do advogado Alexandre Oliveira Soares da Silva o escritório agregou respeito e notoriedade devido a excelência em serviços jurídicos prestados ao longo de mais de 24 anos de advocacia.

Graduado pela Pontifícia Universidade Católica em 31 de Julho de 1988, após viagem de estudos à Europa, onde freqüentou a Law Society, em Londres, em Setembro de 1989 nosso Diretor Jurídico ingressou nas fileiras da Ordem dos Advogados do Brasil, seção RS, sob o nº26952, tendo larga experiência na seara jurídica, buscando incessantemente pelo Direito, valendo-se de estudo, trabalho e muita dedicação.

Segundo o advogado “A advocacia requer agilidade na resolução das questões trazidas ao profissional , objetivando concretizar as aspirações daqueles que buscam os serviços do escritório, sejam pessoas fisicas ou juridicas.” Segue dizendo que “para isso procuro constante atualização jurídica, controle efetivo do andamento de cada processo, e a assessoria de profissionais competentes e especializados.

Notícias

.

Seguradora isenta de indenizar por suicídio durante carência de contrato

Os Desembargadores da 6ª Câmara Cível do TJRS negaram pedido de indenização de filhas que requereram seguro de vida da mãe que se suicidou....

.

Consumidor receberá em dobro valor de internet contratada e não entregue

A empresa OI S.A. terá de devolver em dobro 90% do valor cobrado de cliente da Comarca de Caxias do Sul pelo serviço de...

.

Residir no mesmo local não gera direito de reconhecimento de união estável

   A 8ª Câmara Cível do TJRS  negou pedido de união estável requerida pela mulher de homem que se suicidou.  A decisão manteve a...

Ver todas as notícias